Jurados

Conheça nossos jurados!

Octávio Nassur

Design de Experiências Artísticas, idealizador do FIH2 Festival Internacional de Hip Hop e eventos na área da Cultura há 23 anos. Coordenador     Nacional    do     MBA em    Dança - Gestão e Produção Cultural – da Faculdade Inspirar em Curitiba. Pesquisador especializado em Hip Hop em Los Angeles/EUA. A convite do francês Mourad Marzouki, coreografou a Compagnie Kafig estreiando o novo trabalho no Festival Montpellier Danse 2012 na França. Convidado da Bienal de Lyon 2014 e 2015 como programador brasileiro. Presidente do Júri da Competição de Dança de Rua no programa TV Xuxa durante 5 anos, há 4 também é jurado da “Dança dos Famosos” do Faustão. Criador da metodologia de ensino Funk Slide System. Integrante do Guinness Book com o recorde de 27 aulas de Street Dance em 27 horas. Docente e Palestrante da FUNARTE.  Produtor cultural, dirige a Dance Concept Brasil desde 1998.

Cecília Kerche

Seu nome constitui um dos expoentes mais notáveis surgidos no ballet Latino-Americano das últimas décadas, Embaixatriz da Dança, título concedido pelo Conselho Brasileiro da Dança, representante oficial no Brasil do Conseil International de La Danse - CID – UNESCO. Embaixadora do Estado do Rio de Janeiro, Primeira Bailarina e Diretora Artística do Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. 


Integra o Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro como Primeira Bailarina desde 1986. No English National Ballet, atuou como Senior Principal Resident Guest Artist de 1993 a 2000. Dançando em turnês pela Coréia e Inglaterra. Foi aclamada por Madame Nathalia Makarova como a melhor intérprete de Odette/ Odile em O Lago dos Cisnes


Em 2013 e 2017 fez parte da seleta banca de jurados do Festival Internacional de Ballet TANZOLIMP em Berlin, assim como da curadoria artística do Festival de Joinville. Atualmente responde pela direção artística do Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Moacir Corrêa

Pós Graduado em Pedagogias do Corpo e Saúde. Graduado em Dança (Universidade Luterana do Brasil/ULBRA) Aperfeiçoamento no exterior Em Paris/França- Curso de Dança/Teatro com Cie «à fleur de peau» no Teatro Lêre. Em Cuba (Escuela Nacional de Dança Moderna Y Folclorica) Curso de Dança Moderna e folclore Afro, Preparação Física para Bailarinos. Participou em Vina del Mar/Chile do Festival Internacional de Teatro com obra de Eugene O'Neill. Vencedor de diversos prêmios como Ator, diretor, dançarino e coreógrafo em festivais de Teatro e Dança. Dirigiu e Coreografou Espetáculos de abertura da Rainha da Indústria e Comércio do RS, Fenavinho, Espetáculos Natalinos nas cidades de llópolls (RS) SantaTereza (RS), Pinto Bandeira (RS), Monte Belo do Sul (RS), Arvorezlnha(RS) e Bento Gonçalves(RS).


Coreografou o Carnaval de Porto Alegre em 2015, ministrou Oficinas de Dança na Escola Nacional de Dança em Cuba e em Festivais: Bento em Dança, Porto Alegre em Dança, Canela em Dança, Festival de Dança de Cordilheira Alta(SC) Festival Universitário de Dança em Criciúma(SC).

Luisa Maria Olivares Navarro - Júri Internacional

Graduada da Escola Nacional de Dança de Cuba em 1979. No Instituto Superior das Artes de Cuba obtém o título de Bacharel em Arte da Dança, sendo laureada com Título de Ouro. Em 2014, neste mesmo instituto, obteve o título de Mestre em “Estudos Teóricos de Dança”. Começou sua trajetória laboral desde o ano 1979 na própria Escola Nacional de Dança de Cuba como professora de Técnica da Dança Moderna, ocupando subsequentemente as responsabilidades de Subdiretora e Diretora, cargo que ocupa até a atualidade. No início de sua carreira artística integrou a companhia de dança “Así Somos” e várias brigadas artísticas em Cuba. Entre 1984 e 1985 foi professora na Escola Nacional de Dança de Moçambique, trabalho que alternava com a de assessora, coreógrafa e dançarina na Companhia Nacional de Canto e Danças. Integra a União Nacional de Escritores e Artistas de Cuba (UNEAC) e do Tribunal de seleção de estudantes para competições nacionais e internacionais. Ao longo de sua carreira tem ministrado diversos cursos e seminários, dentro e fora de Cuba, relacionados com a Técnica da Dança Cubana, sua metodologia e métodos de treinamento. 

Maxmiler Junio

Maxmiler Junio, Graduando em Dança pela Universidade Federal de Minas Gerais, iniciou sua formação em Belo Horizonte, Minas Gerais. É professor e coreógrafo na Oficina da Dança. Atuou na Será Quê? Cia de Dança, Cia de Jazz Harmonia e atualmente é bailarino e assistente coreográfico do Ballet Jovem Minas Gerais. Em 2017 coreografou o Clip da Música "Get It" para o Clubbers e participou do 8x Jazz no Rio de Janeiro e em São Paulo, também em 2017 coreografou a obra "ATO" para o espetáculo US4 do Ballet Jovem Minas Gerais. Premiado como melhor coreógrafo do Festival de Inverno de Belo Horizonte em 2016 e do Circuito Mineiro em 2017, também premiado como coreógrafo com o solo '' Olhos Teus'' em 2015 do Festival Mercosul, na Argentina. Em 2016 coreografou o solo "Ain't no Sunshine" e recebeu medalha de ouro como o melhor bailarino do Festival de Dança de Joinville.

Lucia Brunelli

Atua na área artística e na docência, desenvolve estudos e pesquisas na área do Folclore e Cultura Popular, com ênfase na dança. È formada em Ciências Jurídicas e Sociais, Pós Graduada em Dança pela PUC/RS e Mestre em Educação- Estudos Culturais pela ULBRA. Participou como bailarina, coreógrafa e diretora artística de diversos grupos de dança do Estado, tendo trabalhos coreográficos premiados em festivais e eventos mais importantes da área. Integrou o elenco do Conjunto de Folclore Internacional “Os Gaúchos”, como bailarina e assistente da direção artística por mais de quinze anos. É diretora artística e coreógrafa do Bailado Gaúcho- Folclore, Arte e Danças, realizador do Festival Internacional de Folclore de Nova Prata/RS, do Grupo Folclórico Monte Pollino da Sociedade Italiana do RGSul, e do CTG Aldeia dos Anjos. Em 2017 foi Mestre homenageada no Iº ENSENA, Encontro Nacional de Coreógrafos, foi Presidente de Honra e coreógrafa/diretora artística homenageada no Festival Internacional de Nova Prata-RGS, 13ª edição, e recebeu como homenagem, no mês de dezembro, Voto de Louvor e Reconhecimento da Câmara Municipal de Nova Prata, pelo trabalho realizado ao longo de 25 anos. Em 2017 participa da Comissão Avaliadora do Prêmio Açorianos para a Dança, categoria especial de Espetáculo Revelação.                 

Gandhi Tabosa

Estudante do curso de dança pela Universidade do Estado do Amazonas, pesquisador das danças urbanas e arte contemporânea, já trabalhou como coreógrafo em diversas Cias no Amazonas e pelo Brasil, como La Salle Cia de dança (Manaus AM), Street Company Tatiana Souza (Maringá PR), Baixada Hip Hop (Santos SP), Expressão corpo e arte (Xanxerê SC), Enigma dance Company (Araxá MG). Já conquistou diversos títulos em festivais nacionais e internacionais, dentro deles foi o coreógrafo destaque por dois anos consecutivos do Fih2 (Festival Internacional de Hip Hop) onde acumula também várias premiações! Recentemente retornou de Porto príncipe no Haiti, onde fez uma residência artística e social com crianças e adolescentes, difundindo o que aprendeu durante sua jornada como bailarino e coreógrafo. Artista acima de tudo, Gandhi preza pelo espetáculo, fazer com que a dança saia do palco e chegue ao público, com o objetivo de entreter e entregar emoções e muita dança.

Matheus Brusa

Diretor, Coreógrafo, Professor de Dança Contemporânea e Composição Coreográfica, Jurado, Cenógrafo, Iluminador, Palestrante e Editor de Trilhas Sonoras. Já conquistou mais de 450 prêmios, dentre eles 25 de Melhor Escola, 18 de Melhor Coreógrafo, 13 de Melhor Coreografia e 6 de Melhor Bailarino em festivais pelo Núcleo Artístico Ballet Margô e mais de 30 editais municipais e federais, na sua maior parte pela Cia. Matheus Brusa, dentre eles PRÊMIO KLAUSS VIANNA DA FUNARTE E ITAÚ CULTURAL. Coreógrafo Revelação do Maior Festival de Dança do Mundo, em Joinville. Tecnólogo em Dança pela UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL e Julgador do Desfile das Escolas de Samba do Carnaval de São Paulo. Palestrante do 1º Congresso Online de Concepção Coreográfica e do 11º Seminário de Dança de Joinville. Suas pesquisas coreográficas são solicitadas para estudos de trabalhos acadêmicos, inclusive de conclusão em Graduações, Mestrados e Doutorados.